A Seleção Nacional de futsal concluiu esta quarta-feira um estágio de preparação que arrancou no domingo à noite no Centro de Estágios de Rio Maior.

A Equipa das Quinas já pensa no Campeonato da Europa Eslovénia 2018 que se disputa entre 31 de Janeiro e 11 de Fevereiro, na Arena Stozice, em Liubiana, conforme deu conta o Selecionador Nacional, Jorge Braz, ao fpf.pt.

O técnico luso não escondeu que o próximo Europeu acaba por ser tema de conversa num estágio que considerou muito importante e extremamente positivo, independentemente de não ter existido competição.

Jorge Braz começou por referir que estes foram “dias extremamente positivos”, no sentido de reiniciar os processos e relembrar a identidade desta Seleção.

O Selecionador mostrou-se satisfeito com a possibilidade de, nos próximos momentos de preparação, poder defrontar os vice-campeões da Europa e do Mundo, a Rússia (jogos a 25 e a 26 de Setembro), e os anfitriões do próximo Europeu, a Eslovénia, no pavilhão onde irão decorrer as partidas dessa fase final.

Jorge Braz abordou o facto de ter contado com caras novas no grupo de trabalho, sublinhando que a Seleção de futsal não é um espaço fechado. A finalizar, destacou a importância decisiva dos escalões mais jovens para alargar a base e o leque de escolhas da Seleção A, que considera ser extremamente vantajoso para o futsal português.



Vídeos
Vítor Hugo: "Sou mais um para ajudar Portugal" | Vídeo
Márcio: “Chegar à Seleção era o meu sonho”
Nilson: "Temos uma palavra a dizer"
Jorge Braz em entrevista para o FPF360 | Vídeo
Os melhores golos da Edição 2018 da Taça da Liga de Futsal
Conferência de imprensa com Nuno Dias e Joel Rocha
Entrevista de Bruno Gomes ao a Tarde é Sua
Os capitães das quatro equipas presentes nas meias-finais falaram, esta sexta-feira, sobre os respetivos encontros e manifestaram a ambição de marcar presença nas grandes decisões.
Clubes sensibilizados para o combate ao match fixing
Antevisão da Taça da Liga pelos oito treinadores finalistas