Igualdade frente a Russas




Portugal empatou a uma bola na segunda ronda do Torneio Quatro Nações, que decorre na província espanhola de Guadalajara.

A segunda jornada do Torneio Internacional Quatro Nações** abriu com um empate a uma bola entre Rússia e Portugal. 

A Equipa das Quinas entrou na quadra a alta velocidade, e com os olhos postos na baliza contrária, como acontecera no triunfo sobre a Itália (1-0). Mas encontrou um opositor muito aguerrido nas tarefas defensivas, e com veneno para incomodar no contra-ataque. 

No primeiro tempo, foi a Rússia que rematou primeiro com perigo. A investida das russas, logo aos três minutos, e única na primeira parte, obrigou a guarda-redes Naty a aplicar-se entre os postes.

A armada lusa foi crescendo na partida, de tal modo que criou boas oportunidades para se adiantar no marcador, por Carla Vanessa (5') e Janice Silva (18'). Ainda assim, não conseguiu marcar antes do intervalo.

Na etapa complementar, Portugal mostrou-se mais forte que as adversárias, subindo mais vezes no terreno de jogo. Falhou uma grande penalidade e colocou-se em vantagem, numa iniciativa de Carla Vanessa, aos 24 minutos. No entanto, as russas restabeleceriam a igualdade três minutos depois, num ressalto aproveitado por Anastasia Durandina. 

A pressão lusa na reta final da partida, com vários remates perigosos, não surtiu efeitos no marcador. As russas tentaram a sorte no contra-ataque outra vez, mas não conseguiram passar pela guarda-redes Ana Catarina.

Luis Conceição, selecionador nacional afirmou que: "Esperavamos muitas dificuldades neste jogo. A Rússia apresentou uma postura defensiva diferente, com mais marcações individuais. Ontem observámos o jogo que fizeram frente à Espanha e ainda conseguimos adaptar a nossa estratégia. Olhando para o que se passou, só posso dizer que jogámos bem e fomos novamente superiores. Estivemos em vantagem e por cima do jogo durante a maior parte do tempo, enquanto a Rússia empatou num ressalto, nas poucas ocasiões em que rematou à baliza. Também falhámos um penálti e estivemos muito próximos da vitória nos instantes finais. Agora é pensar na Espanha, o nosso próximo adversário. É uma equipa muito forte, pelo que teremos de estar ao mais alto nível amanhã [este domingo]. Se queremos vencer, não podemos falhar tantas situações de golo".


Portugal encontra-se no 2.º lugar, com menos dois pontos que a Espanha, que venceu, também este sábado, a Itália por 3-0.

Amanhã jogam-se as ultimas cartadas neste torneio. Portugal defronta as 12h30m a anfitriã da Espanha e precisa de vencer o jogo para conquistar o torneio.




Vídeos
Vítor Hugo: "Sou mais um para ajudar Portugal" | Vídeo
Márcio: “Chegar à Seleção era o meu sonho”
Nilson: "Temos uma palavra a dizer"
Jorge Braz em entrevista para o FPF360 | Vídeo
Os melhores golos da Edição 2018 da Taça da Liga de Futsal
Conferência de imprensa com Nuno Dias e Joel Rocha
Entrevista de Bruno Gomes ao a Tarde é Sua
Os capitães das quatro equipas presentes nas meias-finais falaram, esta sexta-feira, sobre os respetivos encontros e manifestaram a ambição de marcar presença nas grandes decisões.
Clubes sensibilizados para o combate ao match fixing
Antevisão da Taça da Liga pelos oito treinadores finalistas