Guarda-redes da seleção nacional de futsal da Nova Zelândia foi uma das vítimas na Nova Zelândia



Este sábado, o número de mortos foi atualizado para 50 e as autoridades começaram a revelar algumas informações sobre as vítimas do ataque terrorista na Nova Zelândia.

O ataque terrorista de sexta-feira, em duas mesquitas da cidade de Christchurch, Nova Zelândia, levou Atta Elayyan.

Natural do Kuwait tinha 33 anos, era o guarda-redes da seleção nacional de futsal da Nova-Zelândia e foi uma das vítimas. Segundo o site Stuff, Elayyan tinha sido pai há muito pouco tempo e era um conhecido e popular membro da indústria tecnológica de Christchurch — era o diretor e acionista principal de uma empresa chamada LWA Solutions.

O futsal está de luto!

Vídeos
Gadeia renova com o Movistar Inter até 2021
Benfica vence Novasemente e é lider
Com golaço de bicicleta, Jaraguá goleia Marreco e vence primeiro jogo na LNF 2019
Pato vence o Cascavel e segue só com vitórias na LNF
Elisandro renova com o Movistar Inter até 2020
Benfica alcança 3º lugar no 3rd Womens Futsal European Tournament
Jimbee Roldan venceu o torneio Europeu
SL Benfica deixa fugir final para as italianas do Kick Off
Carlos Barbosa vence clássico gaúcho contra Atlântico | Vídeo
Pola renova até Junho de 2021 com o Movistar Inter
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial