Guarda-redes da seleção nacional de futsal da Nova Zelândia foi uma das vítimas na Nova Zelândia



Este sábado, o número de mortos foi atualizado para 50 e as autoridades começaram a revelar algumas informações sobre as vítimas do ataque terrorista na Nova Zelândia.

O ataque terrorista de sexta-feira, em duas mesquitas da cidade de Christchurch, Nova Zelândia, levou Atta Elayyan.

Natural do Kuwait tinha 33 anos, era o guarda-redes da seleção nacional de futsal da Nova-Zelândia e foi uma das vítimas. Segundo o site Stuff, Elayyan tinha sido pai há muito pouco tempo e era um conhecido e popular membro da indústria tecnológica de Christchurch — era o diretor e acionista principal de uma empresa chamada LWA Solutions.

O futsal está de luto!

Vídeos
VIDEO | Fer Drasler confirmado como reforço do SL Benfica
Resumo | Portugal 4-0 Noruega
Reações de José Luís Mendes ao empate com a República Checa - Sub-21
Reação de Jorge Braz ao triunfo (4-1) diante da Noruega
José Luís Mendes antevê partidas dos Sub21
Bruno Coelho: "a seleção é um espaço diferente"
Treino conjunto antes de jogos de preparação
Deo pede desculpa pela atitude no jogo 4
André Crud é o novo treinador do Rio Ave
Resumo | Final - Jogo 1 | Sporting CP 6-1 SL Benfica
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial