Careca reforça Corinthians



Careca, apelido recebido por causa da Alopecia Universal (condição genética que faz caírem todos os pelos), tem 31 anos e começou sua carreira no futsal mais tarde que o usual.

“Minha história no futsal é um pouco complicada, porque eu fiquei três anos longe do esporte. Eu estudei, me formei – sou contador formado -, trabalhei. E quando eu estava com uns 24 anos, eu recebi um convite de Mogi, do Grêmio Mogiano, pra eu voltar a jogar. Aceitei o convite, fiz uma boa temporada, surgiu o convite pra ir para o Corinthians”.

Foi assim que ele chegou ao Corinthians pela primeira vez, em 2015, onde ficou até 2018, quando foi transferido para o Atlântico Erechim. Neste período conquistou duas vezes a Liga Paulista (2015 e 2016) e uma vez a Liga Nacional de Futsal, tornando-se referência na posição e sendo convocado para a Seleção Brasileira.

“Joguei aqui durante três anos, os melhores anos da minha carreira, aprendi demais. Fui muito feliz e agradeço a todas as pessoas que passaram aqui. Comissão técnica, staff, jogadores e principalmente a torcida, todos que trabalham para que esse clube seja tão grande. Estou de volta e espero estar ajudando da melhor maneira possível para ganhar títulos e dar alegrias ao Corinthians”, disse careca em vídeo publicado nas redes sociais.




Vídeos
Os melhores golos da Jornada 4 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 3 da Liga Placard
Os melhores golos da Jornada 2
Os melhores golos da Jornada 1 da Liga Placard
No sábado houve Poker de Leninha na goleada ao Feijó que ontem empatou com o Arneiros
Sporting vence primeiro Troféu Stromp de Futsal Feminino
Edu Sousa venceu o prémio de Melhor Guarda-redes da Liga Nacional de Futsal
Live | Gazprom-Yugra - Partido Comunista
Joaçaba é campeão da Recopa SC Krona
Resumo da Final entre o Movistar Inter e o Valdepeñas
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade