Levante de Ricardo Miranda deu o pontapé de saída na temporada



O novo projeto Granota foi lançado no Paterna Sports Center com várias caras novas, entre elas o internacional português, Ricardo Miranda.

O Levante UD FS iniciou a pré-temporada esta segunda-feira, 1 de agosto, tendo em vista o arranque da Liga, que tem o seu início a 10 de setembro. A equipa do Granota, comandada pelo novo técnico, Sergio Mullor, realizou a sua primeira sessão de trabalho na quadra do Pavilhão Municipal de Paterna. A equipa valenciana alternará o trabalho com a bola no pavilhão com a preparação física nos Jardins de Turia.

Mullor, que substitui Diego Ríos no banco do Levante UD FS, já tem todo o plantel com exceção do brasileiro Emerson Alves ‘Peléh, que se juntará à equipa nos próximos dias. As novidades do elenco do Granota para a temporada 2022-2023, destacam-se as contratações do ala português Ricardo Miranda, e dos brasileiros Sergio Jamur e Giancarlos Antoniazzi, além de Peléh (ex-Fundão).

Pedro Toro, Marc Tolrà, Roger, Rafa Usín e Pachu continuam na equipa principal da época passada, enquanto Araça, Rivillos, Gallo e Maxi Rescia sairam.

Assim, com um plantel renovado, começando pelo banco, o Levante UD FS inicia a pré-temporada para se preparar para uma campanha em que tentará mais uma vez estar entre os melhores da mais alta categoria do futsal espanhol. Depois de conquistar o vice-campeonato da Liga na campanha 2020-2021 e alcançar uma classificação histórica para a Liga dos Campeões, na temporada passada (2021-2022) a equipa não conseguiu atuar ao seu nível e ficou de fora dos play-offs para o título. A qualificação para a Taça de Espanha é outro dos objetivos do clube que ambiciona entrar na luta pelos principais títulos nacionais.

O técnico do Almeria, Sergio Mullor, teve seu primeiro contato ontem com o novo elenco. Mullor chega ao banco do Granota como substituto de Diego Ríos, da Galiza, que foi treinador do Levante nas últimas três temporadas.

Vídeos
Ricardinho em entrevista ao Goucha, na TVI
Pato: "Fizemos coisas boas, importantes, mas ainda temos de melhorar"
Nuno Dias: "Está tudo ainda muito precoce"
Jesus Velasco: "A diferença esteve na definição"
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade