A recuperação épica do Mallorca Palma Futsal contra o Barça para consolidar a liderança



O Barça sofreu a primeira derrota da temporada depois de o Palma Futsal ter superado uma desvantagem de 0-3 a favor dos Blaugranas.

Os comandados de Jesús Velasco terminaram o primeiro tempo com dois golos de vantagem, com Erick e Fabinho (contra) a marcarem. No início do segundo tempo, Catela fez o 0-3, mas o jogo transformou-se numa troca de golpes que terminou com a reviravolta da equipa das Baleares. Embora um golo de Pito inicialmente tenha impedido a reviravolta, Tayebi, Gordillo, Cleber, Salar e Gordillo foram os responsáveis ​​​​pela virada do resultado.

A partida começou com primeiros minutos sufocantes do Palma Futsal, que obrigou Dídac Plana a fazer intervenções dignas para evitar o primeiro golo das Baleares. Com o passar do tempo, os homens de Jesús Velasco ficaram mais confortáveis. Na verdade, Álex Yepes teve uma oportunidade clara para abrir o marcador, mas Barrón, com grande exibição de reflexos, reagiu a tempo de evitar o golo.

Porém, o atual campeão do campeonato, o Barça, aproveitou cobrança de um canto de Dyego para marcar o primeiro golo da partida. Com passe rasteiro e poderoso do brasileiro dentro da área, Erick não perdoou e mandou a bola para o fundo das redes com um remate a poucos centímetros de Barrón (0-1). Embora durante o primeiro tempo os Blaugranas não tenham conseguido mostrar o seu melhor jogo devido à pressão das Baleares, a sorte sorriu aos culés após um cruzamento de Erick dentro da área que Fabinho converteu em autogolo na tentativa de afastar a bola ( 0-2). O ritmo crescente do primeiro tempo foi evidente, até Pito fez um mano-a-mano que Barrón salvou. Nos últimos segundos do primeiro tempo, Adolfo viu escapar o terceiro golo. Após finalizar bola parada dentro da área no fundo da rede, o árbitro anulou o gol porque o remate foi executado fora do tempo.

Nos primeiros minutos do segundo tempo, os culés ditaram o ritmo do jogo e dominaram a bola. A recompensa veio para a equipa que estava bem ao marcar o terceiro golo e num contra-ataque, Pito centrou para Catela que finalizou à vontade para marcar o terceiro golo do jogo (0-3).

A reação do Palma Futsal foi imediata, apenas vinte e nove segundos depois do golo de Catela, Tayebi finalizou um cruzamento ao segundo poste para repor a diferença de dois golos (1-3). Tal como na primeira parte, o Barça soube recuperar face às adversidades e marcou o quarto golo através de um remate poderoso de Pito que Jaume não conseguiu deter (1-4). A loucura dos golos não acabou aqui, numa nova reação instantânea, as Ilhas Baleares voltaram a ficar a dois golos atrás no marcador, depois de Gordillo finalizar uma assistência precisa ao poste mais distante (2-4).

A nove minutos do fim, Cleber tentou a sorte com um remate da zona de três quartos do ataque maiorquino. Dídac não conseguiu evitar que a bola acabasse no fundo da rede, pois não teve visibilidade suficiente para decifrar a trajetória da bola (3-4). Embora os blaugranas tenham resistido aos ataques contínuos do Palma Futsal, Salar conseguiu empatar o jogo com um remate que cruzou a linha de golo (4-4). Por fim, os maiorquinos completaram a reviravolta com um golo de Fabinho aproveitando um ressalto de Dídac, que deixou a bola morta dentro da área (5-4).

Vídeos
Os melhores golos da Jornada 22 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard de Futsal
Os melhores golo dos Jogos 2 dos Quartos de Final da Liga Feminina Placard
Os melhores golos do Jogo 1 Quartos de Final da Liga Feminina Placard
Os melhores golos da Jornada 20 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 22 da Liga Feminina Placard
Os melhores golos da jornada 19 da Liga Placard de Futsal
Os melhores golos da Jornada 18 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 17 da Liga Placard
Os melhores golos da jornada 21 da Liga Feminina Placard
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade