Entrevista Exclusiva | Tunha já é jogador da Burinhosa



É uma notícia avançada em primeira mão pelo site Zona Técnica.

Carlos Vasconcelos, mais conhecido por Tunha, será jogador do CCRD Burinhosa na temporada 2018/19. Após ter deixado a formação do Restelo onde atuou por 2 épocas, o pivô de 33 anos chegou a acordo com a equipa da Aldeia do Futsal para vestir a equipar com a camisola do clube da Associação de Leira por 1 época.

"Foram dois anos onde houveram altos e baixos, alegrias e desilusões, num primeiro ano onde fizemos algo muito bom e depois, no segundo ano, a não correr assim tão bem", começou por dizer o internacional português. "Vou te ser sincero. No decorrer da última fase da época, que é quando normalmente pensamos no futuro, eu não estava preocupado, porque estava de consciência tranquila - a minha continuidade não dependia de mim. Mas felizmente, quando se trabalha e quando existe qualidade, aparecem na vida oportunidades de igual qualidade, como a Burinhosa", afirmou em entrevista a nosso site.

Com passagens por Ereira, Torpedos, Ismailitas, Sacavenense, SL Olivais, Leões de Porto Salvo, Fundão e Belenenses, o campeão europeu por Portugal não teve dúvidas na escolha da sua nova casa: "A Burinhosa foi sempre um clube que me interessou, devido à forma como joga - uma equipa aguerrida à minha imagem. Escolho sempre uma equipa onde possa evoluir, onde penso que possa aprender e, como tal, tenho a certeza de que escolhi a equipa certa - quero evoluir e aprender muito com o Nino".

Questionado sobre a mudança de rotinas, sendo a seleção um objetivo claro do atleta natural de Lisboa, Tunha mostra-se tranquilo quanto ao seu quotidiano, assegurando que "continuarei a trabalhar no ginásio de manhã e treinar no pavilhão à noite, logo será tudo igual. Como tal, será apenas complicado devido ao vasto leque de qualidade que Portugal tem". 

Tunha define-se por ser um jogador de coletivo - joga de costas para a baliza e tanto pode dar um golo a marcar, como rodar e rematar. Fora da quadra, é reconhecido por todos como um dos mais bem-dispostos do balneário e fazendo jus a essa condição, o internacional português garante que os adeptos do CCRD Burinhosa podem esperar um jogador "disposto a evoluir, a lutar por todos os objetivos e a lutar também pelo clube", mas também "gozão e divertido".

Com 2 golos marcados em 13 internacionalizações, Tunha destaca a importância de num país campeão europeu e numa liga não profissionalizada haver internacionais, e nomeadamente campeões europeus, em equipas ditas não candidatas ao título: "é importante sempre, pois se um jogador é internacional e campeão europeu é porque tem qualidade acrescida. Se uma equipa tem essa possibilidade de ter um ou mais jogadores com essas qualidades, é de lutar por eles! A Burinhosa lutou por me contratar e, como tal, irei fazer tudo o que está ao meu alcance para honrar esta luta, pois está visto que esse reconhecimento é algo que está em extinção".

Tunha não começou no futsal. Começou como a grande maioria dos jovens começa: no futebol. Passou do futebol de 11 para o futsal pelo simples facto do clube onde atuava não ter dado a carta de transferência, começando desde aí o seu percurso nesta modalidade até aos dias de hoje. Nota para o facto de Tunha ter jogado sempre nas competições nacionais ao serviço dos diversos clubes que representou.



Vídeos
Jorge Braz: “O nosso objetivo é vencer o grupo”
Os melhores golos da Jornada 13 da Liga SportZone
Prontas para o segundo teste russo
Golos | Portugal vence Rússia
Corinthians - Magnus Sorocaba | Final da Liga Paulista
Luís Conceição: "Crescer com as melhores"
Os melhores Golos da Jornada 12 da Liga SportZone
Cardinal "não vinha à Seleção há quase dois anos devido a lesões"
Jorge Braz fala de dois testes “extremamente competitivos”
Acqua e Sapone e Nápoles disputam hoje a final da Supercopa de Itália | 19:30h